segunda-feira, 18 de julho de 2016

Todos os meus e-mails trocados com a Sra. Luciana Villas-Boas




==
-----Mensagem original-----
De: Jota Andrade [mailto:
2xliteratura@gmail.com]
Enviada em: segunda-feira, 21 de julho de 2008 15:07
Para: Administrator
Assunto: A/C Luciana Villas-Boas
Prezada Luciana,
De antemão, gostaria de pedir certo sigilo quanto ao conteúdo desse e-mail. Sou assessor de imprensa de alguns políticos, e recentemente – a pari passu – valendo-me também da minha formação em literatura, tenho agenciado alguns promitentes escritores.
Com imenso respeito a essa editora, e igualmente ao meu trabalho, não iria inferir à-toa, nem mesmo procurá-los aleatoriamente, sem a plena consciência da identidade de um dos novos livros – que hoje represento –, com essa editora.
Estava negociando com outra grande editora, contudo, os prazos alongados de publicação, tais como outros entraves, desanimaram o autor. Mediante a esse contratempo, resolvemos também estreitar um contato com vocês – plenamente ciente da coerência entre o livro e a Editora Record.
A obra é um realismo fantástico sobre a prodigiosa escritora Clarisse Lispector e um pseudônimo utilizado por ela em meados de agosto de 1959: Helen Palmer. A fim de não fazer-lhes perder tempo, gostaria de saber, portanto, a possibilidade, de encaminhá-los por e-mail, apenas o prefácio do livro. Assim, por conseguinte, caso seja interessante para o seu Dep. Editorial – e acreditamos mesmo que seja – posteriormente à prévia analise do prefácio, lhe mandamos todo o livro – que já se encontra registrado na BN, e devidamente revisado.

Cordialmente,
Jota Andrade




Luciana Villas Boas 
21 de julho de 2008 20:13
Para: 2xliteratura@gmail.com
Prezado Jota Andrade,
Obrigada por sua mensagem.
Claro que você pode me enviar o prefácio da obra que está representando. Seria bom se eu pudesse saber também o nome do autor.
Meu grande receio é que na Record também haja problemas de prazo para a publicação. Nossa programação está muito cheia, e não posso pensar nada para 2008.
Cordialmente,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
22 de julho de 2008 11:04
Para: Luciana Villas Boas
Prezada Luciana,
Confesso-lhe (e nem sempre é sábio confessar algo mediante negociações) que fiquei imensamente feliz com o seu retorno; afinal, tenho consciência e conhecimento de que nenhuma outra editora seria mais adequada para publicação de um realismo fantástico sobre Clarice Lispector do que a Editora Record.
Além do mais, contactá-los antes das outras editoras, foi uma solicitação feita pelo próprio autor. Já que o livro Cartas perto do coração, lançado por vocês no ano de 2003, serviu como uma das muitas fontes de pesquisas dele para a consecução da trama. Contudo, infelizmente ou felizmente, um outro agente literário havia iniciado com um outro grupo. Mas, por sorte, nada foi devidamente firmado.
Façamos o seguinte, lhe mando em arquivo anexo o prefácio do livro: Helen Palmer: uma sombra de Clarice Lispector. Se, por conseguinte, o seu feeling, que acredito ser bem intuitivo e perspicaz, achar que a obra vale a pena ser integralmente lida, trato de enviar por sedex, não somente um release do autor, como mais outros dois livros inéditos dele (livros que estavam sendo procrastinadas sem nenhuma satisfação, após analise e grande interesse manifestado por um outro renomado grupo editorial). O que me diz?
Estou também tentando com a Anne Porlan, encaixar uma entrevista do autor no programa do Jô, e seria bom, se isso vier a consolidar, termos ao menos o nome de uma Editora. Que espero e acredito que seja mesmo a Record.
Segue em anexo o prefácio. Se possível, peço que o leia impresso: Flaubertiano como sou, ainda acredito que a tela do computador, dilua muito a plástica da boa literatura.
Cordialmente,
Aguardando um breve retorno
Jota Andrade

Prefácio.doc
23K


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
23 de julho de 2008 12:04
Para: Luciana Villas Boas
Prezada Luciana,
Gostaria apenas de saber se vc recebeu ontem devidamente o meu e-mail com o anexo do prefácio do livro: Helen Palmer: uma sombra de Clarice Lispector?
Cordialmente,
Jota Andrade



Luciana Villas Boas 
23 de julho de 2008 14:34
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Prezado Jota Andrade,
O prefácio chegou bem. É um texto curto, já o li e estava para lhe responder. Muito interessante, mas infelimente não permite antever o romance. Precisaria receber a íntegra do livro para nossa avaliação.
Cordialmente,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
24 de julho de 2008 12:49
Para: Luciana Villas Boas
Prezada Luciana,
Em respeito a sua preferência, consciente ou não, pela cor azul; visto que todo e-mail me retorna nesse tom, resolvi responder-lhe do mesmo modo:
Como havia dito antes, trabalho mais na parte de assessoria política, todavia, a literatura é uma paixão antiga. Acrescida ainda mais quando trabalhei na livraria Siciliano – Bahia, onde fazia a triagem dos livros independentes que deveriam entrar ou não nas prateleiras. Mas, certamente, você melhor do que eu, sabe da imensa quantidade de material tosco que tenta estrear no mercado editorial.
Tinha plena certeza que iria gostar do prefácio de Helen Palmer: uma sombra de Clarice Lispector. Igualmente como pressinto que irá gostar de todo o contexto. Acredite! Não lucrarei nada com esse livro, mas, não teria lhe procurado jamais, se além de visualizar ampla identidade da obra com a Record, não tivesse consciência também da instigante história, da limpa textualidade e da ótima narrativa do decorrer de toda a trama.
De qual maneira devemos proceder, agora? Deseja que lhe envie o livro por sedex? Encadernado mesmo, ou que mande aprontar uma boneca?
Desculpe meu amadorismo, sou melhor em material político, mas, gostaria de receber um release do autor? Um resumo também dos seus outros livros? – Os mesmos livros que foram, após analise, aceitos por um renomado grupo editorial que afirmava lançá-los no segundo semestre de 2008 e agora, fala imprecisamente, em só lançá-lo no segundo semestre de 2009.
Além do de Clarice, um outro livro é altamente comercial. Posso providenciar lhe mandar esses resumos, se assim quiser. Caso sinta que vale a pena, e creio que vale mesmo, lhe mando, após a sua analise dos outros resumos, por sedex todos os Três livros juntos. Como prefere?
Cordialmente,
Jota Andrade


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
31 de julho de 2008 12:09
Para: Luciana Villas Boas
Prezada Luciana,
Devo então encaminhar a íntegra do original de Helen Palmer: uma sombra de Clarice Lispector  junto ao currículo do autor aos seus cuidados?

Cordialmente,
Jota Andrade


Luciana Villas Boas 
31 de julho de 2008 12:55
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Prezado Jota Andrade,
Seria realmente o ideal. Você pode mandar para este email?
Cordialmente,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
31 de julho de 2008 15:23
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana
Quero lhe enviar o original na íntegra do livro sobre Lispector, junto ao release do autor por Sedex e aos seus cuidados. Pq falou sobre mandá-lo por e-mail?
Fui consultor literário da livraria Siciliano - Salvador-BA, onde fazia a triagem dos livros independentes que deveriam ou não entrar na prateleira.
Sei - e vc muito mais do que eu -, da quant. excessiva de material tosco que tenta entrar no nosso mercado editorial, e jamais, sob hipótese alguma teria lhe procurado se não acreditasse na sintonia do livro com a Record.

Cordialmente,
Jota Andrade


Luciana Villas Boas 
31 de julho de 2008 15:35
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Prezado Jota,
Realmente pelo email é mais conveniente para mim. Fico com o material arquivado e vou imprimindo à medida que progrido na leitura. É mais rápido. E não terei que ficar de olho no que chega pelo correio. Mas pode mandar por Sedex também.
Abraço,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
1 de agosto de 2008 13:23
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Acabo de chegar e já estou aprontando uma boa diagramação para lhe enviar; mando-lhe ainda essa tarde. Tem acesso de e-mail aos finais de semana?
Trabalha com msn?
se possível, gostaria de saber algumas coisas(...)

Abraço,
Jota

Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">


O original
18 mensagens


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
1 de agosto de 2008 16:51
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Conforme o prometido, segue os dois arquivos em anexos: o original do livro e um release do autor. Conhecendo um pouco da praxe analítica de livros, peço-lhe que não perpasse a vista superficialmente no contexto; seria uma pena irreparável esse livro escorrer por suas mãos. Quero muito retirá-lo de onde está.
Sendo a obra aceita, consegue prever espaço na sua grade editorial para lançamento até o primeiro trimestre de 2009?
Quando teria, com a maior brevidade possível, um feedback quanto ao interesse desse livro?

Abraços,
Boa leitura
Jota Andrade
Por gentileza, confirme se recebeu todo o material devidamente, ok?
2 anexos
Release.Marcus Deminco.doc
27K
Helen Palmer.doc
320K


Luciana Villas Boas 
2 de agosto de 2008 13:26
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Prezado Jota Andrade,
Você me daria 45 dias para avaliação? Seja qual for o resultado da análise, como já lhe disse, não poderemos publicar esse livro ainda este ano. A programação está completa até maio de 2009.
Abraço,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
3 de agosto de 2008 09:38
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Permita-me diminuir as formalidades e deixe-me resumir tudo o que de fato está se passando...
Esse original que lhe encaminhei, junto aos outros dois (mencionados no release do autor) foram aceitos por aqueles que eu, pressupunha ser, um dos melhores e mais sérios grupos editoriais.
Mas, depois de terem nos amarrados por quase um ano, fazendo-nos perder tempo e contatos, não só passaram a nos tratar com certo esnobismo (convictos talvez, de que estejamos atrelados somente a eles) como mudaram um dos nossos acordos: o livro Eu e meu amigo DDA, por ex. seria relançado no segundo semestre desse ano, agora falam em relançá-lo apenas no segundo semestre de 2009.
O problema maior nesse caso, não foram os possíveis contratempos editoriais deles, o problema maior veio a ser a falta de gentileza e satisfação deles conosco. Algo que felizmente já percebi não lhe faltar.

Aguardarei os seus dias de avaliação, e se quiser ainda, posso inclusive, lhe apontar de antemão, por e-mail, todos os verdadeiros motivos que impulsionaram essa outra editora a se interessar tanto pelo autor e pelos seus outros dois livros. Sobretudo, o Eu e meu amigo DDA.

Ao seu dispor
Jota Andrade


Luciana Villas Boas 
3 de agosto de 2008 11:13
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Caro Jota,
Obrigada pela paciência, essa virtude tão rara.
Quando quiser me revelar os "verdadeiros motivos" da outra editora, prestarei toda atenção. Quanto mais informação, melhor.
Bom domingo.
Abraço,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
3 de agosto de 2008 13:26
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Toda essa história é um pouco longa, mas acredito ser preponderante para você ficar inteiramente a par de tudo. Como já lhe disse antes, hoje eu ganho a vida com assessoria política, a literatura é apenas uma paixão, um hobby. Por isso, de politicagem e marketing eu entendo um pouco.
Sem muito rebuscar, irei, portanto lhe resumir tudo isso, e já lhe mando agora, ok?

Abraços,
Jota


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
3 de agosto de 2008 16:34
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Perdoe-me pela demora. Espero que tenha ficado claro; tive quase que compor um livro por e-mail. Mas são informações relevantes para Você:
Eles planejam (sem formalizarmos nada e agora com a plena insatisfação do próprio autor) primeiro relançar: Eu e meu amigo DDA, para seguidamente os outros dois livros. Dizem ser a melhor estratégia de apresentar o escritor ao mercado, ao público. Mas, como podemos ter uma relação harmoniosa, de confiança com uma editora sem laços afetivos nem respeitosos com o seu pretendente autor? Sabemos que, normalmente quem escreve é mais sensível, mais romântico, e não se agrada por esses tipos de relacionamentos frios.
E por que planejam lançá-lo?
Além do release que lhe mandei, contendo os estudos, cursos e conhecimentos empíricos e técnicos do autor, Marcus Deminco, já foi atleta, personal trainer, empresário, modelo, e ficou nacionalmente conhecido no ano de 2002, quando foi eleito, com mais de trinta mil votos de internautas e assinantes, o homem mais bonito de todos os anos a estampar a capa da revista G-magazine.
Em meio a todas essas inquietações cognitivas, no entanto, em 2005 ele foi diagnosticado por especialistas como portador de DDA (distúrbio de déficit de atenção) e dislexia. Transtornos que ficaram mundialmente conhecidos e virou até certo modismo, após Tom Cruise e outros astros fundarem uma associação de famosos que possuem o DDA e a dislexia. Que, aliás, são distúrbios comuns de muitos renomados escritores...
Polivalente e igualmente ousado, Deminco renegou os novos convites de modelagem, de revistas, interrompeu as aulas ministradas de Ed. Física e, reascendido o seu impressionante amor pelas letras, voltou-se a escrever o seu primeiro livro: Eu e meu amigo DDA. Lançado de maneira independente em Set. de 2006 na Semana Cultural da Livraria Siciliano-BA, o livro, apenas no coquetel de sua noite de autógrafos, cerca de oitenta exemplares (sem o tal fator 2). E desde então virou um sucesso de vendagem pela internet, além de despertar o interesse de relançamento por esse outro grupo editorial.  
Por que o interesse deles? Por quais motivos?
1º.   É a primeira autobiografia de um Disléxico, portador de distúrbio de déficit de atenção (transtorno que mais acomete a população mundial). Estima-se que somente no Brasil, entre adultos e crianças, mais de oito milhões de pessoas possuam o DDA (ou TDAH).

2º.   Com 264 páginas de uma narrativa envolvente e pioneira, Eu e meu amigo DDA, em menos de um ano, com a sua veiculação restrita apenas através de livrarias baianas e das comunidades virtuais correlacionadas ao tema, foram encomendados pelo menos novecentos exemplares (sem o tal fator 2). Com pedidos feitos, inclusive, para países como Japão, Austrália e Espanha.

3º.   É um livro altamente comercial, abordando uma temática pertinente e atualizada. Foi apresentado no II seminário de psiquiatria na Bahia, foi elogiado, por carta feita ao autor, pelo Dr. Paulo Mattos, autor do livro, No mundo da lua, e também citado pela Dra. Ana Beatriz B. Silva, autora do livro Mentes Inquietas da Ed. Gente.
· Vale a pena dar uma conferida na comunidade Eu e meu amigo DDA no site de relacionamentos Orkut, onde mais de 950 integrantes, participam ativamente, trocando informações sobre o distúrbio e deixando os seus comentários sobre o Livro. 
Enfim,
Espero ter conseguido aclarar-lhe um pouco mais sobre parte da história entre o autor e essa editora. Acredito que, se agirmos com cautela, bom planejamento, e principalmente de maneira harmoniosa (como, aliás, vem sendo) tenhamos tudo pra consolidar uma grande parceria. Não entre mim e a Record. Mas entre vocês e o autor. Pois, de fato, nada lucrarei disso. Ao menos não em aspectos financeiros. Mas, ficarei feliz em ver um novo talento despontar.
Afirmo também que todas as informações mencionadas acima são verídicas, e sem qualquer pirotecnia. E posso também, se você quiser já nessa próxima semana lhe mandar um kit press por sedex: com os outros dois livros, fotos de divulgação do primeiro livro, notas de imprensa, entrevistas do autor...

Abraços,
Cordialmente,
Jota


Luciana Villas Boas 
3 de agosto de 2008 17:49
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Informações muito interessantes e relevantes, caro Jota.
Obrigada,
Boa semana,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
4 de agosto de 2008 14:00
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Não tem do que agradecer; é impossível "negociar" com você sem ser sinestésico, sem ser fiel. Você realmente nasceu para trabalhar com literatura, porque, antes de tudo, sabe tratar gentilmente qualquer pessoa.
Espero que não tenha me visto como antiético por ter lhe passado essas somatórias "informações". Mas, além de confiar na sua total discrição, considero que a falta de ética veio primeiro na conduta da outra editora por nos deixarem desrespeitosamente a sine die.
Façamos o seguinte: continue avaliando Helen Palmer: uma sombra de Clarice Lispector, se o seu feeling (perceptivelmente bem apurado) se interessar por esse original, lhe mando os outros dois livros do Marcus Deminco, com toda prioridade. Assim, se esses também vierem a lhe agradar, você decide o planejamento melhor para sua grade editorial. O que me diz?

Ótima semana,
Abraços


Luciana Villas Boas 
4 de agosto de 2008 17:24
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Caro Jota,
Perfeito, vamos primeiro proceder à leitura de HELEN PALMER.
Não percebi qualquer comportamento antiético de sua parte.
Abraço,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
8 de agosto de 2008 10:39
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Em recíproca confiança, gostaria também de lhe pedir um favor:
Se outros agentes literários procurarem o Dep. Editorial da Record para apresentação dos livros do Marcus Deminco, diga-lhes já ter posse, ou se possível ainda, invente-lhes uma desculpa qualquer. Tudo bem?
Continue avaliando HELEN PALMER, tenho certeza que vai gostar.

Bom final de semana,
Jota Andrade


Luciana Villas Boas 
8 de agosto de 2008 12:28
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Combinado, caro Jota.
Abraço,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
13 de agosto de 2008 13:43
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Tenho ótimas novidades sobre o Marcus Deminco, mas me diga antes:
Como está o seu relacionamento com HELEN PALMER?

Abraços,
Jota


Luciana Villas Boas 
13 de agosto de 2008 23:08
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Caro Jota,
Assim que voltar ao Rio da Bienal de Sao Paulo, terei uma posiçao para voce.
Abraço,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
14 de agosto de 2008 14:11
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Não lhe procurei para acelerar ou embaralhar a sua avaliação.
Até porque temos um prazo acordado, lembra?
- E dentro desse prazo ainda dispomos de um largo tempo.
Só queria lhe contar outras novidades recentes do autor.
Quando voltar ao RJ, então, me avise e lhe conto com mais calma, ok?

Abraços,
Jota


Luciana Villas Boas 
15 de agosto de 2008 11:25
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Certo, caro Jota.
Abraço,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
16 de agosto de 2008 16:15
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Falei com o Deminco ontem; ele ficou feliz em saber que lhe mandei o original de Helen Palmer  e, coincidentemente (ou por Sincronicidade), ele também está na Bienal de SP.

Abs,
Jota


Luciana Villas Boas 
16 de agosto de 2008 18:36
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Ora, estou voltando para o Rio amanha cedo. Pena.
Abraço,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
18 de agosto de 2008 16:07
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana. De volta a boa rotina?
Então; eu havia lhe procurado para contar mais algumas novidades: o Deminco foi convidado pelo Antônio Moreno (um respeitado jornalista que trabalhou com o João Ubaldo Ribeiro) para ajudá-lo na consecução do seu livro O Guia do Ócio. O livro, há algum tempo parado, está apenas no começo, mas o prefácio foi escrito por Domenico De Masi, autor do livro O ócio criativo, e já conta com depoimentos de algumas celebridades, que em fotos e depoimentos irão relatar as suas atividades durante o ócio.
E o que quero lhe apontar com isso?
Que além de Helen Palmer, Vertygo e Eu e meu amigo DDA, o Deminco é um tipo inquieto e ousado. Veio mesmo para ficar e encher prateleiras. Ele ainda está lá em SP, mas ficou imensamente feliz em saber que o romance sobre a Clarice Lispector está nas maos da Record. Está nas maos certas – disse ele. Espero que depois de Helen, lhe passe os outros dois também.
Aliás, parece que as coisas estão conspirando ao nosso favor, além do sucesso do seu primeiro livro: Eu e meu amigo DDA, agora que aspiramos relançá-lo de modo nao independente, até o nadador Michael Phelps declarou que tem DDA. Acredite Luciana! O DDA é uma temática altamente comercial e atual.
Coloquei o link do site da Globo abaixo para você dar uma lida no depoimento do nadador.
Boa semana,
Jota Andrade




Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
10 de dezembro de 2008 14:46
Para: Luciana Villas Boas
Luciana, Boa tarde.
Agora que enviamos os três livros junto ao material: releases das obras e matérias com o Marcus Deminco, de que maneira devemos proceder?
Aguardamos um retorno seu por e-mail ou carta apenas? Mantendo contatos esporádicos? Precisa de mais material?

Cordialmente,
Jota


Luciana Villas Boas 
11 de dezembro de 2008 00:17
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Prezado Jota,
Infelizmente, não poderemos contratar a obra de Marcus Deminco. Contabilizamos mais de 1000 livros em produção no Grupo Record, e vamos diminuir radicalmente o número de contratações.
Obrigada pelo interesse na Record, desejo-lhes muito boa sorte na publicação desses livros.
Abraço,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
24 de dezembro de 2008 16:50
Para: Luciana Villas Boas
Luciana,
Ainda que os nossos ensaios (do Deminco e o meu) não tenham ganhado a formatação na qual idealizamos, agradeço-lhe, imensamente pelo seu contínuo carinho e pela boa atenção.
Um feliz natal para vc e todos os seus. E um ano novo repleto de luz, paz, conquistas, realizações e boas energias.

Abrs,
Jota Andrade


Luciana Villas Boas 
29 de dezembro de 2008 23:34
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Também para você, caro Jota, tudo de bom em 2009, muita alegria, muitas realizações, muita saúde, muito amor.
Grande abraço,
Luciana


Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
19 de janeiro de 2009 15:48
Para: Luciana Villas Boas
Querida Luciana,
Abusando mais uma vez dessa sua constante e rara boa vontade, gostaria de perguntar-lhe duas coisas:
- Você acredita que uma matéria com o Marcus Deminco na revista Veja ou na revista Isto é contribuiria nas negociações dos seus livros?
- Particularmente, o que você acha da Alessandra Pires de O AGENTE LITERÁRIO? Você a conhece ou já ouviu falar?

Novamente agradecido,
Convicto de um retorno,
Jota Andrade


Luciana Villas Boas 
19 de janeiro de 2009 16:15
Para: Jota Andrade <2xliteratura gmail.com="">
Caro Jota,
Matéria na Veja ajuda tudo, contrataçao, publicaçao, divulgaçao, vendas.
Nao conheço pessoalmente a Alessandra Pires. Parece uma boa agente.

Cordialmente,
Luciana






Marcus Deminco 
26 de setembro de 2013 03:13
Para: luciana@vbmlitag.com
Prezada Sra. Luciana,
Ao concluir o meu texto, por gentileza, diga-me o que faria se fosse eu se nem eu que sou meu dono sei direito o que fazer (me excluíram do mundo?). Vendi muito bem! Sou psicólogo, agraciado honorífico, sou professor de PNL, ministro palestras, MAS ME INSULTAREM A INEXISTÊNCIA?  

Agora – que em verdade nem é mais hoje – compreendo perfeitamente, o quão era tortuoso tudo aquilo que eu nem via.  Nossa ‘quitanda editorial’ que nunca foi nossa é ainda mais surrealista e ilógica que os maiores dadaístas que nunca existiram. Capaz de suscitar algumas coincidências que, coincidem tanto a ponto da própria casualidade ludibriar a lógica enquanto a dúvida pergunta para certeza: FOI TUDO MESMO INTENCIONAL?
Embora saiba que, no momento atual a Sra. não trabalhe mais na Record, seus projetos, inclusive pela estruturação do site são promitentes... MAS após tantos e-mails trocados com o meu – então agente na época – conhecer a viabilidade da republicação da obra (como foi apresentado em números e projeções), os motivos o publico alvo etc. Seguida de manifestação de desinteresse (isso não me cabe contestar, embora os circunlóquios já mostrassem only a reality exported), permita-me o regresso do que ensaiava dizer: em meados do ano de 2010 através da VERSUS (tb mais uma filha do mesmo grupo editorial) suscita-se de outro nada um livro com a mesma temática e gênero que o meu: Minha Mãe Tem um Filho Hiperativo - A Vida e a Mente de uma Pessoa com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade. (replico abaixo)
Além do fato de acreditar, certamente não que agiu com estratagema nem má-fé, mas ASSEVERAR (em) na sinopse que o livro “... traz uma abordagem singular e reveladora do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, pois é o único livro narrado por um jovem portador do distúrbio.”  IGNORA o meu pioneirismo, DESCONSIDERA o meu trabalho e rebaixa a validade da minha obra. SERÁ QUE EU EXISTO?
Lamento pela raiva, que acredite, está até bem doutrinada: após concluir a minha 4ª obra (sem nenhuma subordinação intelectual terceirizada) e acertar a reedição de uma nova publicação do meu primeiro livro EU E MEU AMIGO DDA antes dos outros, como vou dizer, inventar, explicar o que não cabe responder. E pensar que estava livre, depois de tudo que um escritor passa vendendo banana no seu quintal para uma ‘quitanda de editoras’ que só compra Cookies para publicar biscoitos, quando enfim, ele consegue vender suas obras no lugar de tantas bananas o que devo fazer para mostrar que o meu LIVRO DE VERDADE não é a banana que foi vendida?  

à Replico abaixo 2 dos 18 e-mails trocados seguido da sinopse caluniosa, mas obedecendo os preceitos do auto-xenofobismo: é melhor dizer okay que oxente)
__________________
Jota Andrade <2xliteratura@gmail.com>     1 de agosto de 2008 16:51
Para: Luciana Villas Boas <Lvboas@record.com.br>

Querida Luciana,
Conforme o prometido seguem os dois arquivos em anexos: o original do livro e um release do autor.
Conhecendo um pouco da praxe analítica de livros, peço-lhe que não perpasse a vista superficialmente no contexto; seria uma pena irreparável esse livro escorrer por suas mãos. Quero muito retirá-lo de onde está.
Sendo a obra aceita, consegue prever espaço na sua grade editorial para lançamento até o primeiro trimestre de 2009? Quando teria, com maior brevidade possível, um feedback quanto ao interesse do livro?
Abraços,
Boa leitura
Jota Andrade

2 anexos
                        Release. Marcus Deminco.doc
27K
           
                        Helen Palmer.doc
320K
…………………………

Luciana Villas Boas <Lvboas@record.com.br>       2 de agosto de 2008 13:26
Para: Jota Andrade <2xliteratura@gmail.com>
Prezado Jota Andrade,
você me daria 45 dias para avaliação? Seja qual for o resultado da análise, como já lhe disse, não poderemos publicar esse livro ainda este ano. A programação está completa até maio de 2009.
Abraço,
Luciana
Jota Andrade <2xliteratura@gmail.com>     3 de agosto de 2008 16:34
Para: Luciana Villas Boas <Lvboas@record.com.br>
Querida Luciana,
Perdoe-me pela demora. Espero que tenha ficado claro; tive quase que compor um livro por e-mail. mas são informações relevantes para Você:
Eles planejam (sem formalizarmos nada e agora com a plena insatisfação do próprio autor) primeiro relançar: Eu e meu amigo DDA, para seguidamente os outros dois livros. Dizem ser a melhor estratégia de apresentar o escritor ao mercado, ao público. Mas, como podemos ter uma relação harmoniosa, de confiança com uma editora sem laços afetivos nem respeitosos com o seu pretendente autor? Sabemos que, normalmente quem escreve é mais sensível, mais romântico, e não se agrada por esses tipos frios.
E por que planejam lançá-lo?
Além do release que lhe mandei, contendo os estudos, cursos e conhecimentos empíricos e técnicos do autor, Deminco, já foi atleta, personal trainer, empresário, modelo, e ficou nacionalmente conhecido no ano de 2002, quando foi eleito, com mais de trinta mil votos de internautas e assinantes, o homem mais bonito de todos os anos a estampar a capa da revista G-magazine.
Em meio a todas essas inquietações cognitivas, no entanto, em 2005 ele foi diagnosticado por especialistas como portador de DDA (distúrbio de déficit de atenção) e dislexia. Transtornos que ficaram mundialmente conhecidos e virou até certo modismo, após Tom Cruise e outros astros fundarem uma associação de famosos que possuem o DDA e a dislexia. Que, aliás, são distúrbios comuns de muitos renomados escritores...
Polivalente e igualmente ousado, Deminco renegou os novos convites de modelagem, de revistas, interrompeu as aulas ministradas de Ed. Física e, reascendido o seu impressionante amor pelas letras, voltou-se a escrever o seu primeiro livro: Eu e meu amigo DDA. Lançado de maneira independente em Set. de 2006 na Semana Cultural da Livraria Siciliano-BA, o livro, apenas no coquetel de sua noite de autógrafos, cerca de oitenta exemplares (sem o tal fator 2). E desde então virou um sucesso de vendagem pela internet, além de despertar o interesse de relançamento por esse outro grupo editorial. 

Por que o interesse deles? Por quais motivos?

•        É a primeira autobiografia de um Disléxico, portador de distúrbio de déficit de atenção (transtorno que mais acomete a população mundial). Estima-se que somente no Brasil, entre adultos e crianças, mais de oito milhões de pessoas possuam o DDA (ou TDAH).
•         Com 264 páginas de uma narrativa envolvente e pioneira, Eu e meu amigo DDA, em menos de um ano, com a sua veiculação restrita apenas através de livrarias baianas e das comunidades virtuais correlacionadas ao tema, foram encomendados pelo menos novecentos exemplares (sem o tal fator 2). Com pedidos feitos, inclusive, para paises como Japão, Austrália e Espanha.
•     É um livro altamente comercial, abordando uma temática pertinente e atualizada. Foi apresentado no II seminário de psiquiatria na Bahia, foi elogiado, por carta feita ao autor, pelo Dr. Paulo Mattos, autor do livro, No mundo da lua, e também citado pela Dra. Ana Beatriz B. Silva,autora do livro Mentes Inquietas da Ed. Gente.
•   Vale a pena dar uma conferida na comunidade Eu e meu amigo DDA no site de relacionamentos Orkut, onde mais de 950 integrantes, participam ativamente, trocando informações sobre o distúrbio e deixando os seus comentários sobre o Livro.

Enfim,
espero ter conseguido aclarar-lhe um pouco mais sobre parte da história entre o autor e essa editora. Acredito que, se agirmos com cautela, bom planejamento, e principalmente de maneira harmoniosa (como, aliás, vem sendo) tenhamos tudo pra consolidar uma grande parceria. Não entre mim e a Record. Mas entre vocês e o autor. Pois, de fato, nada lucrarei disso. Ao menos não em aspectos financeiros. Mas, ficarei feliz em ver um novo talento despontar.

Afirmo também que todas as informações mencionadas acima são verídicas, e sem qualquer pirotecnia. E posso também, se você quiser já nessa próxima semana lhe mandar um kit press por sedex: com os outros dois livros, fotos de divulgação do primeiro livro, notas de imprensa, entrevistas do autor...

Abraços,
Cordialmente,
Jota
………

Em 03/08/08, Luciana Villas Boas <Lvboas@record.com.br> escreveu:
Luciana Villas Boas <Lvboas@record.com.br>       3 de agosto de 2008 17:49
Para: Jota Andrade <2xliteratura@gmail.com>
INFORMAÇÕES MUITO INTERESSANTES E RELEVANTES, CARO JOTA.
Obrigada,
boa semana,
Luciana
………………………………………
A sinopse mentirosa
Livro - Minha Mãe Tem um Filho Hiperativo
Minha Mãe Tem um Filho Hiperativo - A Vida e a Mente de uma Pessoa com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

Para todos os pais que já se desesperaram por causa de um filho hiperativo, impulsivo e incontrolável; para todos os professores que já se frustraram por causa de um aluno que não presta atenção na aula; para todas as crianças e adolescentes que já se perguntaram: "Por que ninguém gosta de mim?", a resposta está nestas páginas. Escrito quando o autor tinha apenas 19 anos, Minha Mãe Tem um Filho Hiperativo traz uma abordagem singular e reveladora do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, pois é o único livro narrado por um jovem portador do distúrbio.

No livro, Ben Polis apresenta uma visão impressionante da mente de uma pessoa com o transtorno. O autor frequentou seis escolas diferentes - e foi expulso de cinco -, ficou de castigo no colégio por mais de três mil horas e levou a família à terapia. Mas, com grande determinação e utilizando técnicas de concentração que ele mesmo criou, Ben não apenas se formou no ensino médio como conseguiu entrar na faculdade.

O autor descreve como é sentir impulsos constantes de fazer as coisas mais absurdas e, ao mesmo tempo, querer acima de tudo ser considerado "normal". Ele oferece conselhos extremamente úteis a pais de crianças com transtorno de déficit de atenção, com ou sem hiperatividade.

Minha Mãe Tem um Filho Hiperativo, oferece consolo para crianças e adolescentes que se sentem isolados, deprimidos e confusos, assim como para seus pais e professores. Das tarefas escolares a exercícios físicos e profissões mais adequadas, Ben Polis tem ideias importantes a compartilhar - e uma mensagem de esperança para aqueles que estão sofrendo com esse problema. 
-- 
Marcus Deminco