segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Parabéns Raulzito

Na semana passada, no dia 21 de agosto completou 20 anos da morte do incomparável prodigioso Maluco Beleza. Talvez, se Raulzito não fosse tão espontâneo, controlasse as suas opiniões e fosse mais político entre os artistas, seria tão homenageado como deveria. Entretanto, se ele burlasse a sua ideologia, mudasse o seu figurino e remodelasse a sua postura, perderia a sua excêntrica essência; normalmente no Brasil, falar o que pensa pode ser muito arriscado.

Permeio as suas incontáveis citações musicadas, uma dela, atualmente, parece fazer bastante sentido: “É pena não ser burro, não sofria tanto!”. Ele tinha plena razão: a ignorância e a alienação são ótimos remédios ante a tantos absurdos.



“SOU O QUE SOU
PORQUE VIVO DA MINHA MANEIRA...
VOCÊ PROCURANDO RESPOSTAS OLHANDO PRO ESPAÇO,
E EU TÃO OCUPADO VIVENDO...
EU NÃO ME PERGUNTO,
EU FAÇO!”
***
“A ARTE DE SER LOUCO É JAMAIS COMETER A LOUCURA DE SER UM SUJEITO NORMAL”.
***
“QUERO DIZER AGORA O OPOSTO DO QUE EU DISSE ANTES EU PREFIRO SER ESSA METAMORFOSE AMBULANTE DO QUE TER AQUELA VELHA OPINIÃO FORMADA SOBRE TUDO...”
***
“QUERER O MEU
NÃO É ROUBAR O SEU
POIS O QUE EU QUERO
É SÓ FUNÇÃO DE EU”.
***
“NÃO DIGA QUE A VITÓRIA ESTÁ PERDIDA.
TENHA FÉ EM DEUS, TENHA FÉ NA VIDA.
TENTE OUTRA VEZ!”
***
“ANTES DE LER O LIVRO QUE O GURU LHE DEU, VOCÊ TEM QUE ESCREVER O SEU”.
***
“O SONHO DO CARETA É A REALIDADE DO MALUCO”.
***
“PARE O MUNDO QUE EU QUERO DESCER...”
***
“A DESOBEDIÊNCIA É UMA VIRTUDE NECESSÁRIA À CRIATIVIDADE”.
***
“DEUS TEM MAIS DE MIL NOMES: DINHEIRO, ÍDOLOS, GURUS, CARRO, CIGARRO, DROGAS, O SALVADOR, LIVROS, DESEJOS INSATISFEITOS, SEXO NEURÓTICO, STATUS, SONHOS, MULETAS, CASA, HOBBIES, CINEMA, TV, RÁDIO E A PERGUNTA POR QUÊ?”

O ROUBO DA FÉ

Nem mesmo os escribas mais marketeiros que participaram da minuciosa criação do livro sagrado poderiam imaginar que um dia a fé renderia tanto dinheiro assim.

AFINAL, SE QUANDO A ESMOLA É DEMAIS O SANTO DESCONFIA, O FIEL PAGA O DÍZIMO ENQUANTO O SORRIDENTE BISPO AGRADECE.

“Pois eu transformo Água em Vinho, Chão em Céu, Pau em Pedra, Cuspe em Mel, Pra mim não existe impossível...Pastor João e a igreja invisível”
Raul seixas

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

40 anos da conquista espacial: CELEBRAR O QUÊ?

A PRIMEIRA GUERRA FRIA foi a designação atribuída ao período de conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a União Soviética. Denominou-se "FRIA" porque não houve uma guerra direta entre as duas superpotências e persisitiu por cerca de 46 anos: entre o final da Segunda Guerra Mundial em 1945 e a extinção da União Soviética em 1991. A NOVA GUERRA FRIA, entretanto, ocorre de forma mais silenciosa e, embora também não exista um conflito direto entre as 4 nações envolvidas mostra-se com mais requintes de frialdade e com a confissão explícita do egocentrismo humano: enquanto os engenheiros da NASA estão trabalhando para levar o homem à Lua em 2020, enquanto a RÚSSIA investe para conhecer MARTE e enquanto a CHINA corre contra o tempo para mandar o homem de volta à Lua antes dos americanos, 8 crianças morrem A CADA SEGUNDO na ÁFRICA.

E nesse novo duelo de vaidade – enaltecido pela mídia através do eufemismo “CORRIDA ESPACIAL” – os Estados Unidos investem mais de US$ 28 bilhões no Programa Constellation, o governo da Rússia pretende gastar US$ 10,5 bilhões para conquistar Marte, e os taikonautas chineses contam com cerca de US$ 14 bilhões para o programa espacial “Chang’e”, enquanto 4,4 milhões de crianças morrem por ano em toda África. 14 mil delas morrem por dia na África subsaariana (vítimas de malária, diarréia, pneumonia, HIV e desnutrição). Um entre seis recém-nascidos, sequer vão saber quem pisou novamente na lua: irão morrer antes dos cinco anos de vida.

Mesmo depois de 40 anos da missão APOLLO 11 pousar na superfície lunar em 20 de Julho de 1969, em um local chamado "Sea of Tranquility" e Neil Armstrong e Edwin Aldrin tornaram-se os primeiros homens a caminhar no solo lunar, os homens continuam com suas cabeças voltadas para mundos mais distantes. Ao passo em que a Lua está localizada, aproximadamente, a 384.405 km do nosso planeta, e a distância média de Marte é de 230 milhões de km da Terra, a África parece ficar cada vez mais longe.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

O choro da prata de MICHAEL PHELPS


Tão confiantemente cego quanto o general da Força Aérea dos EUA, Curtis LeMay antes da guerra do Vietnã, o soberano irmão mais novo de ALF (acrônimo da expressão Alien Life Form, "forma de vida alienígena"), também esqueceu dos adversários que enfrentaria no Mundial de Esportes Aquático realizado em Roma.
Depois de quatro anos sem perder nenhuma final, de já ter batido trinta e quatro recordes mundiais, de ter conquistado o maior número de medalhas de ouro em uma única olimpíada (oito) e de ter sido flagrado fumando o maior baseado do mundo, o imperante norte-americano MICHAEL PHELPS foi trapaceado pela sua certeza e superado pelo alemão Paul Biedermann, nos 200m Livres.
Inconformado, porém, demonstrando a boa e velha HUMILDADE NORTE-AMERICANA afirmou que o SUPERMAIÔ foi decisivo em seu revés: “SERÁ MAIS BACANA QUANDO A NATAÇÃO VOLTAR A SER APENAS NATAÇÃO” – queixou-se logo após a derrota.
Ainda que a sua conduta antidesportiva e chorosa possa ser compreensível – afinal, para quem pensou que disputaria sozinho ter perdido para um MAIÔ deve ser mesmo frustrante – uma pergunta é inevitável: por que durante as três olimpíadas que disputou ou durante todos os torneios mundiais que ganhou vestindo o seu super mega macacão LZR-RACER, PHELPS nunca reclamou de nada?

SE ERRAR É HUMANO...


SE ERRAR É HUMANO POR QUE NÃO BEATIFICAMOS AQUELES QUE ABUSAM DESSE TALENTO?
MANGABEIRA UNGER, ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos do Governo, e GUIDO MANTEGA, ministro da Fazenda, passaram por uma mutação genética no programa "Mais Você" e, de repente, viraram uma criatura só: O SENHOR "MANTEGA UNGER" - chamou-o, Ana Maria no começo da entrevista. No mesmo episódio, a atriz Christiane Torloni era a convidada do programa e estava lá para falar sobre um projeto contra o desmatamento da Amazônia. A vergonha alheia ficou latente, Torloni abaixou a cabeça e pegou uma xícara de café enquanto Louro José - seu fiel escudeiro - chamou a próxima matéria. "O que vem agora?"
Ana Maria abriu sua safra trocando uma das maiores florestas do planeta de lugar. No dia da estréia do cenário novo do "Mais Você", em 13 de abril, colocou a FLORESTA AMAZÔNICA, que fica na região norte do País, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. "Olha só essa vista que eu tenho da Floresta Amazônica por aqui!", exclamou, toda faceira. E logo surgiu ele, Louro José: "Não Ana, ao fundo temos a Mata Atlântica".
A atriz Flávia Alessandra, também foi outra a usar saias mais do que justas na frente da apresentadora. Ao falar com a atriz sobre casamento, Ana Maria perguntou há quantos anos ela estava casada com o ator Otaviano Costa. Flávia respondeu que estavam juntos há três anos. Muito bem até aí. Mas, só até aí: "Vocês são dois artistas que estão há mais tempo juntos, né? A Giulia (filha da atriz) tem oito, ou nove anos?" - questionou Ana sem saber que Giulia é filha de Flávia com o ator Marcos Paulo, e não com Otaviano Costa.
Ao levar ao seu programa dois comentaristas esportivos, Paulo Cesar Vasconcellos e José Roberto Wright, para discutir o contrato publicitário firmado entre o jogador Ronaldo e o SBT, Ana Maria saiu cheia de explicações, passou a falar de Seleção Brasileira, e o caminho começou a ficar tortuoso. E aqui, ao menos, ela não arriscou ao demonstrar seu vasto conhecimento: "Então, o Ronaldo não está preparado agora para a Copa? Por sorte, o papagaio (muito mais competente) logo a corrigiu: "A Copa é só ano que vem. Esse ano é a convocação." Ainda sobre os possíveis convocados à Copa do Mundo da África do Sul, ela arriscou um palpite: "Mas então, quem tem chance? Esse menino do Atlético, o NILMAR, vai?". "Ana, ele é do Internacional de Porto Alegre" - retificou Louro José.
Já no dia de Zumbi dos Palmares - quando se comemora o Dia da Consciência Negra - Ana Maria Braga deu uma aula de conhecimentos gerais: informou aos telespectadores que Zumbi tinha falecido em 1965: "Pasmem, em 1965!". Mas, lá estava ele, o Louro José para, novamente, salvar tudo: "Calma Ana, ele morreu em 1695." APENAS 270 ANOS DE DIFERENÇA.
Recentemente, ao falar da contratação do craque Kaká pelo Real Madrid, da Espanha, Ana Maria elogiou o craque e comentou sobre o carinho recebido pelo jogador no novo país em que estará jogando, A ITÁLIA. Percebendo o erro da apresentadora, o fiel escudeiro de Ana Maria, logo a corrigiu dizendo que não era na Itália, e sim na ESPANHA.
E ainda tem gente que diz que PAPAGAIO não é inteligente!
Fonte:
Agência Estado
ASSISTAM OUTRAS GAFES EM:

E os leitores que se FFF...


Preocupados em rebuscar uma matéria sobre um exilado chinês que havia virado escritor, os redatores do jornal capixaba, A GAZETA retiraram, CUIDADOSAMENTE, alguns caracteres orientais que, no mínimo, julgaram bem bonitinhos. Entretanto, alguns versados leitores, logo notaram aquilo que – de maneira alguma – deveria passar batido pelos jornalistas: os belos caracteres, além de não terem etimologia chinesa, representavam apenas uma versão estilizada da famosa frase, VÁ SE FODER!

Fonte:
Fausto Salvadori