quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

PIRATARIA: A GUERRA NA CONTRAMÃO

Embora acredite que inúmeras bandas medíocres devam toda sua fama a esse tipo de comércio, eu não sou contra nem a favor da pirataria – muito pelo contrário. No entanto, Independente das questões legais – até porque a lei é algo tão subjetivo quanto indefinido no Brasil – algumas brigas são difíceis de compreender:

Por que ao invés dos artistas mais prejudicados se voltarem contra os PERIGOSOS CRIMINOSOS DA PIRATARIA, eles não se unem contra as poderosas indústrias de eletroeletrônicos? Afinal, se a SONY, a LG, a SAMSUNG, a PHILIPS, a TOSHIBA e tantas outras MEGAS INDÚSTRIAS, não produzissem aparelhos cada vez mais sofisticados, capazes de reproduzirem CDs e DVDs piratas não existiria motivo algum para tantos protestos.

Todavia, talvez seja mesmo mais prático lutar contra os mais fracos ao revés de combater A VERDADEIRA ORIGEM DISSO TUDO, Já que, contrariando a lógica (se é que existe alguma) a maioria dessas indústrias também patrocinam boa parte dos artistas revoltados.

2 comentários:

...Laís Spósito... disse...

Marcus, não sou a favor da pirataria, mas sinceramente, não sei se sou contra. Acho que a industria de CD´s, DVD´s e eletroeletrônicos como vc citou manda uma enchurrada de novidades para nós, a preços que, nem sempre, o brasileiro de verdade, aquele que trabalha pelo pão de cada dia, e nem sempre consegue, acaba fadado a "exlusão musical", se assim posso chamar, afinal, todos têm o direito a distração. Mas como vc mesmo disse, imagine, se todos os artistas, que ganham fama na pirataria, se unissem contra a industria de eletroeletronicos e produzissem aparelhos que não dessem acesso a pirataria...sei não, acho que teriamos uma REVOLUÇÂO. Mas nada me tira da cabeça, que é a propria industria da música os grandes cabeças deste comercio chamado: PIRATARIA.

Vale a consciencia de cada um em patrocinar e correr o risco de ser passado pra trás. Eu realmente detesto essa ideia, mas nem sempre dá pra viver contra isso...

Abraços

psifca disse...

sou totalmente contra a pirataria. lei é lei. quantos as gravadoras, parace injusto mas, estas são as regras