quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

ENCONTRO MARCADO

A história faz parte de um conto de John O’Hara.

Um certo mercador persa pede ao seu servo que vá até o mercado comprar algumas peças de tecidos.

Ao chegar no mercado, o servo vê sua própria Morte fazendo algumas compras numa barraca próxima; apavorado, volta correndo até a casa do mercador.

“Tenho que ir embora daqui”, diz, quase chorando.

“Vi minha Morte hoje de manhã, no mercado, e preciso fugir dela. Vou partir ainda hoje para Bokara, minha cidade”.

O mercador aceita o pedido do servo, mas fica desconfiado. Vai, então, até o mercado, encontra a Morte do servo. “Puxa, que susto você deu em meu empregado”, diz ele.

“Ele também me deu um susto”, responde a Morte. “Eu jamais esperava encontrá-lo por aqui – afinal de contas, tenho um encontro marcado com ele em Bokara, amanhã de manhã”.

Do destino por Paulo Coelho

Nenhum comentário: