sexta-feira, 24 de julho de 2009

A REFORMA ORTOGRÁFICA FOI TÃO BRUSCA ASSIM ?



Ao acessar o link de Informações Tecnológicas ( http://www.abnt.org.br/default.asp?resolucao=1024X768 ) no site da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) deparei-me embasbacado com o seguinte aviso:
"Horário de Atendimento: De Segunda-Feira á Sexta-Feira das 08:30 às 17:00".
Desolado por não encontrar as informações que procurava, diante dessa inesperada advertência, fiquei ainda mais repleto de incertezas: a ABNT, valendo-se da sua autoridade de cambiar as normas teria mudado o português tão repentinamente assim, ou as minhas antigas professoras de português, redação e gramática ensinaram-me erroneamente?
Afinal, depois dos famosos dois pontos – afora precedidos por nomes próprios –, não seria mais apropriado começar a frase com letra minúscula, ou essa regra também já foi abolida? E entre a segunda-feira e a sexta-feira concernente aos dias de atendimento da ABNT o correto seria a vogal com acento indicativo da crase, sem o acento grave ou com o inexplicável acento agudo como foi colocado?
Consciente, entretanto, da dificultosa arte na precisão gráfica, poderíamos simplesmente, relevar insignificantes deslizes; todos aqueles que manuseiam as traiçoeiras armadilhas da língua portuguesa, sempre estarão passivos dos mais variados erros. Todavia, adiante dos diminutos dois erros (em apenas uma linha escrita, é verdade) a Associação Brasileira responsável em organizar as normas técnicas utilizadas na elaboração textual do nosso país, ainda se vale do idioma Inglês para estabelecer indevidamente a representação abreviada de horas? E quanto aos Gramáticos da Língua Pátria, que sempre ensinaram que essa notação seria correta: das 8h 30min às 17h, estariam equivocados, atrasados ou deveriam retornar aos estudos?

Nenhum comentário: