quinta-feira, 22 de julho de 2010

Ricardo Teixeira vai deixar a CBF

Se existir a minúscula coerência entre o discurso e a prática do auto-intitulado presidente VITALÍCIO da CBF, Ricardo Teixeira ele deve mesmo deixar o cargo da CBF: na tarde de 5 de julho de 2010, em entrevista ao programa "bem amigos" do apresentador Galvão Bueno, Ricardo Teixeira, demonstrando um lampejo de sensatez maior que a sua pose, AFIRMOU desejar renovação na seleção Brasileira para próxima Copa do Mundo.
.
VALE RESSALTAR APENAS QUE ELE está no cargo desde janeiro de 1989. E que seu quinto mandato consecutivo terminaria em 2007, mas pelos apelos do além e das entidades fantasmagórigas que ainda regem o nosso pais, foi prolongadado até o final da Copa do Mundo em 2014, que será realizada no Brasil.

Desse jeito, ele terá SOMENTE 25 ANOS DE MANDATO. E se tudo der certo depois – o que não é difícil e muito menos impossível – em mais sete anos ele vai conseguir superar o ditador Fidel Castro.

Vale ressaltar também que, COINCIDENTEMENTE, a outra Múmia que antecedeu o seu mandato ditatorial foi seu ex-sogro, João Havelange, que dirigiu a antiga CBD (ATUAL CBF) SOMENTE por 16 anos (de 1958 a 1974).



Follow marcusdeminco on Twitter

Nenhum comentário: