quinta-feira, 2 de maio de 2013

A FALTA DE RITALINA 10MG E AS CONTRADITÓRIAS JUSTIFICATIVAS



Enquanto por meio de nota a Novartis afirmava que a falta do medicamento ocorreu em virtude de um “atraso” nas autorizações de importação do princípio ativo, uma Bióloga da Novartis me telefonava dizendo que o problema era decorrente do “atraso” na autorização dos sais, e por e-mail, um funcionário alegava que o “atraso” teria sido em virtude de uma greve da ANVISA.  O “atraso”, usado sempre por eles como eufemismo de falta – tanto do remédio quanto do respeito – teve ainda sua culpa atribuída a um incêndio de proporções infimamente devastadoras. E apesar desse fato aparentar-se com o descrédito das precedentes patranhas, era talvez, a única verdade nesse grande trololó. Embora tenha ficado ligeiramente perplexo por encontrar uma verdade perdida embaixo de tantas mentirolas, o que me deixou ainda mais impressionado foi a personalidade do fogo. Sua chama estava realmente decidida a contrariar a lógica: selecionou, separou, catou e escolheu queimar, somente os comprimidos sólidos com partículas de enchimento das Ritalinas de 10mg, ao revés das cápsulas revestidas por esferas de sacarose, copolímero de metacrilato de amônio, copolímero de ácido metacrílico etc. das Ritalinas LA. Será que o fogo era independente da razão ou tão dependente da droga assim?

Depois das mentiras concretas vieram as verdades abstratas.

No dia 16 de Abril de 2013-16:4 – em mais uma resposta colada como para as tantas outras reclamações disponíveis no site: RECLAME AQUI (http://www.reclameaqui.com.br/), alguém da Novartis afirmava que a regularização estava prevista para a última semana de abril. Apenas quatro dias depois, disponibilizaram um comunicado por meio da internet, apresentando uma nova justificativa que também não justificava nada de novo, deixando óbvio que o atraso não havia sido em virtude de todas as outras mentiras precedentes. O novo comunicado contradizia o que haviam dito: a previsão do reabastecimento do mercado nacional mudou da última semana de abril para até o final do mês de maio de 2013.
POSTERIORMENTE, sem nenhuma justificativa plausível – o laboratório resolvesse querer saber somente agora tudo o que deveriam saber antes – passaram a responder algumas reclamações enfatizando uma preocupação tão excessiva quanto alienada: esqueciam até mesmo dos próprios efeitos adversos existentes na bula.
1.      Como em sua mensagem faz referência a "...ter interrompido está me prejudicando muito...", com a finalidade de proporcionar segurança aos consumidores, gostaríamos de receber mais informações a respeito, por isso, caso seja possível, solicitamos que, por favor, nos contate pelo telefone 0800 888 3003, opção 2, (segunda a sexta-feira, das 08hs as 179hs) e informe o número do caso 01006206.1.
2.      Como em sua mensagem faz a referência "Meu filho ficou agressivo nas primeiras semanas e agora enfrenta uma DRÁSTICA REDUÇÃO DO RENDIMENTO ESCOLAR" durante o tratamento com medicamento Novartis, com a finalidade de proporcionar segurança aos consumidores gostaríamos de receber mais informações a respeito, por isso, caso seja possível, solicitamos que, por favor, nos contate pelo telefone 0800 888 3003, opção 2, (segunda a sexta-feira, das 08hs as 179hs) e informe o número do caso 01003269.
3.      Como em sua mensagem faz a referência "...me sinto frustrado em depender de um medicamento..." durante o tratamento com medicamento Novartis, com a finalidade de proporcionar segurança aos consumidores gostaríamos de receber mais informações a respeito, por isso, caso seja possível, solicitamos que, por favor, nos contate pelo telefone 0800 888 3003, opção 2, (segunda a sexta-feira, das 08hs as 179hs) e informe o número do caso 01000457.

Dessa forma, fiquei absorto entre as mais variadas dúvidas: Será que eram atendentes em período inicial de treinamento que respondiam os e-mails, estávamos falando do mesmo medicamento ou eles nunca leram a bula? E quanto à falta da Ritalina 10mg; seria pela ausência do Metilfenidato (principio ativo)? Do Sal (Cloridrato)? Pela falta de respeito? A bióloga da Novartis entende menos de biologia do que eu? A ANVISA finalmente resolveu perceber o prognóstico já sabido e avisado por qualquer ESPECIALISTA menos renomado e mais ESPECIALISTA, menos comprometido com o seu partidarismo e mais comprometido com GENTE? Ou todas as alternativas anteriores estão corretas?

3 comentários:

What´s up raptor disse...

Muito bom o texto, digno de um DDA com ou sem ritalina...

What´s up raptor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
TESTE disse...

Realmente é uma falta de respeito para com os consumidores (ou dependentes?) da medicação Ritalina 10mg.

Eu, que já trabalhei em uma empresa farmacêutica, achava que a Novartis era uma empresa séria, comprometida, mas, que após essa falta de respeito ou, até mesmo ganância, foi-se por água abaixo essa aparente profissionalidade que eu achava que a Novartis tinha.

Como descrito acima, recebi algumas satisfações: via SMS uma mensagem dizendo que a falta era devido a um incêndio em uma de suas unidades; em uma ligação me disseram que a falta era devido a um "desabastecimento" da Ritalina no mercado e, que eu deveria procurar o "meu" médico para que ele avaliasse e reescrevesse outra medicação; informaram-me também, via email, que a Novartis estava com problemas de importação do princípio ativo (....), etc, etc.

Horas, o princípio ativo da Ritalina 10MG não é a mesma que o da Ritalina LA (Cloridado de Metilfenidato)???
Analisando melhor a situação, é claro que o faturamento da Novartis é muito maior com a venda somente da Ritalina LA!

Sendo assim, pergunto: Porque será que só há a Ritalina LA no mercado??? Difícil essa resposta, não é mesmo?

Mas, o que eu acho mesmo uma "Brasileirada", é que os órgãos responsáveis não tomam atitude nenhuma, visto que a falta repentina da medicação, como é bem frisado na bula, podem acontecer coisas imprevisíveis, como agressividade, apatia, desatenção acentuada, etc, etc e etc.

Eu bem sei disso, porque não só os efeitos colaterais que senti fisicamente, senti também no bolso, pois afinal, cada comprimido de Ritalina 10mg saia a menos de 1 (um) Real, agora, porém, com a Ritalina LA, um comprimido sai, em média, nada menos do que 6 REAIS!!!!!!!
Fora dizer que em meu caso, não sei se acontece com demais pessoas, a Ritalina LA faz um efeito bom na primeira hora, e nas demais, é como se eu ficasse com abstinência pela droga, me sinto desligado do mundo, a sensação de falta algo, enfim, o efeito nem é mais perceptível por mim.

Enfim, infelizmente sou dependente de uma medicação, seja ela Ritalina ou outra qualquer que faça efeito em relação à melhora da concentração, porém eu odeio ser dependente de qualquer remédio para que eu não me sinta "menos" do que outras pessoas, menos capaz e coisas diversas mais que o déficit de atenção acarreta.

Mas junto com esse sentimento, vem junto à revolta devido a ganância das pessoas que só veem o dinheiro, só olham para o próprio umbigo e foda-se o que a falta do medicamento irá causar em quem depende do mesmo.

A ganância e a falta de respeito para com o ser humano é foda!!!!

Lamentável..., uso essa palavra para não usar um $!@#$%@$%¨¨dos infernos!!