quinta-feira, 19 de junho de 2014

Sobre Temperamento




Um praticante Zen foi à Bankei e pergunto-lhe aflito:
“Mestre, Eu tenho um temperamento irascível. Sou às vezes muito agressivo e acabo criando discussões e ofendendo outras pessoas. Como posso curar isso?”
“Tu possuis algo muito estranho,” replicou Bankei. “Deixe ver como é esse comportamento.”
“Bem… eu não posso mostrá-lo exatamente agora, mestre,” disse o outro, um pouco confuso.
“E quando tu a mostrarás para mim?” perguntou Bankei.
“Não sei… é que isso sempre surge de forma inesperada,” replicou o estudante.
“Então,” concluiu Bankei, “essa coisa não faz parte de tua natureza verdadeira. Se assim fosse, tu poderias mostrá-la sempre que desejasse. Quando tu nasceste não a tinhas, e teus pais não a passaram para ti. Portanto, saibas que ele não existe.”


Nenhum comentário: